Escola Negócios EENI Business School
Acordo de Livre-Comércio México-Israel



Conteúdo programático da unidade curricular - O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Israel

  1. Introdução ao Acordo de Livre-Comércio Israel-México
  2. As vantagens do acordo
  3. O valor de conteúdo regional
  4. As regras de origem
  5. O comércio exterior México-Israel
A unidade curricular «O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Israel» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos (Doutorados) Negócios Americanos, Comércio Mundial
  3. Curso: Negócios no México

Línguas de estudo: Ensino superior à distância online em Português + Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol México-Israel Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Israel-Mexico Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Mexique.

Estudante Mestrado e Doutoramento Online em negócios internacionais

Descrição da unidade curricular - O Acordo de Livre-Comércio México-Israel:

O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Israel entrou em vigor em julho de 2000 e contém disciplinas em comércio exterior de mercadorias, as compras governamentais, as salvaguardas e a solução de controvérsias.

  1. O Acordo de Livre-Comércio México-Israel não incluiu as disposições em matéria de investimento estrangeiro direto (IED)
  2. O objetivo geral do acordo é estabelecer uma área de livre-comércio para intensificar o comércio internacional e a economia por médio da liberalização e das restrições às importações originarias dos países signatários
  3. A liberalização negociada compreende 99% do comércio bilateral.
  4. No setor agropecuário, a metade das exportações mexicanas para Israel têm uma tarifa aduaneira desde a entrada em vigor do acordo, 25% têm um acesso imediato livre das tarifas aduaneiras baixo quota e 12% acesso com umas reduções entre 25 e 50% sobre as tarifas aduaneiras aplicadas
  5. O México exporta para o Israel: automóveis, petróleo, computadores, refrigeradores, instrumental médico, entre outros
  6. O México importa do Israel: aparelhos de redes LAN, os fertilizantes e abonos, construções pré-fabricadas para invernaderos, sementes de hortaliças e baterias
  7. Graças ao Acordo de Livre-Comércio México-Israel, o México tem incrementado a sua participação no mercado israelense. O comércio internacional entre o México e o Israel atingiu 571 milhões de dólares

Acordos de Livre-Comércio do México: União Europeia, MERCOSUL, TLCAN, Comunidade Andina, Triângulo do norte, Costa Rica, Nicarágua, Colômbia, Uruguai, Chile, Acordo Estratégico Transpacífico, SELA, APEC, ALADI, Associação dos Estados das Caraíbas, Japão, AELC...





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Exemplo da unidade curricular - O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Israel:

Curso: Acordo de Livre-Comércio México-Israel



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail ou pelo formulário de solicitação de informações, não podemos atender por telefone.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página