União Europeia (UE)

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular - União Europeia: a maior potência comercial do mundo.

  1. Introdução a União Europeia (UE)
  2. O BREXIT
  3. O Euro e a União Económica e Monetária
  4. Como funciona a União Europeia (UE)
  5. Parlamento Europeu
  6. Conselho da União Europeia (UE)
  7. Comissão Europeia
  8. Perfil socioeconómico da União Europeia (UE)
  9. Alargamento da União Europeia (UE)
  10. Políticas de vizinhança, solidariedade e inovação
  11. Banco Europeu de Investimento
  12. Mercado interno da União Europeia (UE)
  13. União Europeia na cena mundial
  14. Comércio exterior
  15. A maior potência comercial do mundo
  16. Luta contra a corrupção da União Europeia (UE)

O objetivo principal da unidade curricular "União Europeia (UE) " é oferecer uma visão global sobre o complexo funcionamento da União Europeia e das suas instituições, a economia da UE e as oportunidades de negócio no mercado europeu para poder desenvolver um plano de negócio para os mercados da UE.

  1. Aprender a fazer negócios na União Europeia (UE)
  2. Conhecer a influência do cristianismo nos negócios na UE
  3. Analisar o comércio exterior e o investimento direto estrangeiro (IDE)
  4. Conhecer as oportunidades de negócio na União Europeia
  5. Conhecer as relações internacionais e os tratados de livre comércio (TLC) da União Europeia.
  6. Desenhar um plano de negócios para a União Europeia
A unidade curricular "União Europeia" estuda-se:
  1. Mestrados profissionais à distancia: Negócios Internacionais, Europa, CPLP

Idioma de estudo: Pt ou En EU Es UE Fr UE.

Exemplo da unidade curricular - União Europeia
Sistema Preferências Generalizadas

A União Europeia pertence ao espaço económico europeu da civilização ocidental.

Com uma população de 500 milhões, a União Europeia é o maior mercado do mundo.

Comité Económico e Social Europeu

União Aduaneira Turquia-União Europeia.

Banco Europeu de Investimento.

Associação Euro-Mediterrânica (EUROMED).

Tratados de livre comércio (TLC) da União Europeia.

  1. União Europeia-MERCOSUL
  2. Estados Unidos-União Europeia (UE)
  3. União Europeia-Países andinos
  4. União Europeia-Chile
  5. México-União Europeia (UE)
  6. Acordo de Associação União Europeia-América Central
  7. ASEAN-União Europeia (UE)
  8. União Europeia-Costa do Marfim
  9. União Europeia-Coreia do Sul
  10. União Europeia-Argélia
  11. Acordo CARIFORUM-União Europeia

Política externa da União Europeia.

Relações comerciais da União Europeia com:

  1. China
  2. Índia
  3. Rússia
  4. Política Europeia de Vizinhança
  5. Ampliação da União Europeia (UE)
  6. União Europeia-Sul do Cáucaso
  7. União Europeia-Balcãs Ocidentais
  8. Sinergia do Mar Negro
  9. Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE)
  10. Iniciativa Adriático-Jónica

Comércio exterior da União Europeia.

  1. Sistema de Preferências Generalizadas (SPG) da União Europeia
  2. Reunião Económica Ásia-Europa
  3. Acordo de Agadir
  4. Acordo de Cotonou. A Parceria estratégica África-União Europeia (UE)

Negócios em...

  1. Alemanha
  2. Espanha
  3. França
  4. Itália
  5. Irlanda
  6. Polónia
  7. Portugal
  8. Roménia
  9. Reino Unido
  10. República Checa
  11. Suécia
  12. Negócios em outros países da União Europeia (UE)

Documento Único Alfandegário

Descrição da unidade curricular - União Europeia:

A União Europeia é o principal exportador do mundo (20% do total das importações e das exportações a nível mundial), enquanto os Estados Unidos são o principal importador seguido da China. O Japão ocupa o terceiro lugar, tanto em exportações como em importações.

A União Europeia e uma associação económica e política, com particularidades únicas entre os vinte e oito países europeus. A União Europeia tem vinte e três idiomas oficiais e à medida que os novos países vão aderindo à União Europeia (UE), o número de idiomas oficiais cresce.

A União Europeia representa o 40% do comércio exterior mundial de produtos. 66% das importações da Europa Ocidental consistem no comércio internacional entre os países da região Europeia. A ampliação da União Europeia é um acontecimento único que obriga as companhias a redesenhar suas estratégias de internacionalização.

A União Europeia está a melhorar o comércio internacional com os novos países emergentes: a China, a Índia ou a América Central e do Sul. Os Acordos de comércio com estes mercados implicam uma cooperação técnica e cultural.

Luta contra a corrupção da União Europeia

Exemplo da unidade curricular - União Europeia (UE):
União Europeia

Negócios Portugal

Negócios Alemanha

Alunos EENI na Europa
Alunos EENI Europa

Os países da União Europeia e o ano da sua adesão:
- 1952 Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e os Países Baixos
- 1973 Dinamarca, Irlanda e o Reino Unido
- 1981 Grécia
- 1986 Portugal, Espanha.
- 1995 Áustria, Finlândia e Suécia.
- 2004 Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia e a República Checa
- 2007 Bulgária e Roménia.

Reunião Ásia-Europa

Todos os países da União Europeia formam a União económica e Monetária, uma etapa avançada de integração económica (mercado único).

Com a criação do mercado único e da moeda única e a remoção dos obstáculos ao comércio exterior e à mobilidade, a União Europeia tem contribuído para a prosperidade. Estes componentes contribuem para limitar as consequências para a União Europeia da crise financeira mundial que se começou a manifestar em 2008.

No dia 1 de maio de 2004 se incorporaram à União Europeia à República Checa, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta e a Polónia.

A Europa fecha um passado de divisões e conflitos, para entrar em uma nova época de paz, a segurança e crescimento económico e social. O mercado único deveria empurrar a economia da união e criar emprego, ao mesmo tempo que aumentará a influência da União Europeia no mundo. No processo de ampliação, estes novos estados captaram grandes investimentos estrangeiros, o que lhes permitiu que suas economias alcançassem rápidas taxas de crescimento.

A área da União Europeia cresceu em 36% e sua população em 20% (de 379 a 454), até os 450 milhões de europeus, convertendo-se no mercado único mais importante do mundo. No entanto, a contribuição em termos produtivos representa tão só 5% do total comunitário, por isso, a União Europeia será em termos gerais "mais pobre" que a União Europeia 15.

A ampliação gera importantes oportunidades de negócio (a exportação e o investimento direto estrangeiro) mas igualmente pode representar ameaças (por ex. A deslocalização). Neste curso se analisarão as maiores particularidades e oportunidades de negócio nestes países.

Tratado de Livre Comércio MERCOSUL-União Europeia:
Acordo MERCOSUL-União Europeia

Negócios França

CARIFORUM-União Europeia

Acordo América Central-União Europeia

Negócios em outros países da União Europeia.


Casos empresas europeias.

Beiersdorf é um dos líderes internacionais do setor da cosmética, os produtos médicos e fitas adesivas de uso industrial. A empresa centra-se no desenvolvimento de marcas reconhecidas internacionalmente, entre elas Nivea ou Hansaplast. O grupo tem mais de 18.000 trabalhadores e mais de cem parceiros no mundo inteiro.

A estratégia de Beiersdorf baseia-se em aumentar a presença e o reconhecimento de sua marca procurando através delas a fidelização do cliente. Concentram seus esforços no desenvolvimento de suas marcas mais fortes nos mercados internacionais, o que lhes permite crescer continuamente nos mercados estratégicos para seu crescimento.

A empresa gera suas fortalezas internacionais através de suas fortalezas locais, sendo a chave do sucesso: uma estratégia do marketing internacional única, mas que seus filiados e parceiros implementam perfeitamente localmente e sob sua responsabilidade.

O processo de internacionalização da empresa se desenvolve em função das novas oportunidades de negócios que se geram nos mercados internacionais. Suas atividades internacionais lhes asseguram o crescimento ao longo prazo.

Rolls-Royce (UK)
Rolls-Royce plc é uma companhia global líder em quatro mercados globais: o setor civil aeroespacial, defesa, marítimo e a energia. Investindo em tecnologia e em capacidade, a empresa criou sua vantagem competitiva nesta categoria de produtos e instrumentou importantes barreiras da entrada. Rolls-Royce emprega quase 36.000 pessoas, dos quais 22.000 estão no Reino Unido.
O sucesso empresarial se pode comprovar analisando o rápido e contínuo crescimento na fatia de mercado conseguida nos últimos anos. A venda de motores cresceu, havendo comercializado quase 45.000 turbinas de gás no mundo inteiro.
A empresa tem clientes no mundo inteiro: 500 companhias aéreas, 4.000 operadores de aviões e helicópteros, 160 exércitos e mais de 2.000 clientes no setor marítimo. Além disso, tem clientes no setor energético em mais de 120 países. A grande maioria dos seus motores em serviço, costumam durar mais de vinte e cinco anos, o que lhes garante uma demanda de peças de reposição e de serviços de manutenção. A estratégia da empresa é maximizar os ingressos por manutenção, conseguiu-se aumentá-los quase 60% nos últimos anos, graças a uma agressiva estratégia de serviço pôs venta internacional.

BENETTON
Benetton está presente em 120 países. Seu "core business" é a moda. É um grupo com uma forte personalidade italiana e um "know how" elevado tanto em produção como em marketing. O grupo produz mais de 100 milhões de confeções cada ano, quase 90% na Europa. Sua rede de vendas de 5.000 lojas em todo o mundo cresce constantemente gerando um faturamento de 2 triliões de euros nas suas lojas.
Um dos aspetos chave da empresa é sua agressiva em inovadora estratégia de comunicação. "Fabrica" é o centro de pesquisa em comunicação de Benetton, criada em 1994 em Treviso (a Itália). Dirigida por uma equipe internacional encarrega-se de definir a estratégia de comunicação e de colocá-la em marcha, em todos os mercados nos quais atuam. Nesta unidade curricular se analisarão estas estratégias de comunicação.
Outro dos sucessos de Benetton foi controlar diretamente a logística, investindo importantes quantidades em automatizar os processos logísticos com o objetivo de alcançar uma total integração com o ciclo de produção, desde as ordens dos clientes até a embalagem e entrega.

United Biscuits
Foi fundada em 1948 pela fusão de duas empresas escocesas familiares (McVitie & Price e McFarlane Lang). Em 1960, United Biscuits cresceu seu portfólio de produtos com a aquisição de Crawford"s Biscuits e Macdonald Biscuits. Em 2000 foi adquirida por Finalrealm, um consórcio de investidores internacionais. Hoje em dia, é o maior produtor e distribuidor de bolachas no Reino Unido, os Países Baixos e a Espanha, e o segundo na França e a Bélgica.


EENI Escola de Negócios