Comércio Exterior da UE

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo Conteúdo programático da subunidade curricular: o comércio exterior da União Europeia (UE).

  1. Introdução à política comercial da União Europeia (UE).
    1. A Política externa da União Europeia
    2. O Serviço Europeu para a Ação Externa
  2. Estratégia Europa 2020.
  3. O Comércio exterior da União Europeia (UE). As importações e as exportações da UE.
  4. O investimento directo estrangeiro (IDE) da UE
  5. Os produtos e os serviços industriais.
  6. A União Europeia e a globalização
  7. Os acordos comerciais bilaterais da União Europeia
  8. Os acordos de livre comércio da UE
  9. A integração regional dos países em desenvolvimento e a União Europeia

Os objectivos do subunidade curricular O comércio externo da UE» são:

  1. Analisar o comércio exterior e o investimento estrangeiro directo da UE
  2. Conhecer os pontos fortes do setor externo europeu
  3. Compreender a importância dos acordos comerciais da UE

Créditos

A subunidade curricular «Comércio exterior da União Europeia (UE)» estuda-se:
  1. Mestrados profissionais à distancia: Negócios Internacionais, Europa

Créditos da unidade curricular «O Comércio exterior da UE»: 0,5 ECTS

Idioma de estudo: Português + Inglês EU Espanhol UE Francês UE.

Exemplo da subunidade curricular - Comércio exterior da União Europeia
Sistema de preferências generalizadas (SPG)

Descrição Descrição da unidade curricular - comércio exterior da União Europeia:

Os vinte e oito países membros da União Europeia representam em conjunto o 19% do total do comércio mundial.

Os estados membros da União Europeia negociam como um só estado, através da Comissão Europeia.

A União Europeia gerencia as relações comerciais (o comércio exterior de produtos e serviços, o investimento direto estrangeiro) com países terceiros através a política comercial da União Europeia (UE), que abrange não só o comércio exterior de produtos, sino também:

  1. Comércio de serviços
  2. Aspetos comerciais sobre os direitos da propriedade intelectual
  3. Investimento direto estrangeiro (IDE)

A Comissão Europeia negocia com os parceiros comerciais internacionais em nome de todos os países da União Europeia (UE).

A política comercial da União Europeia deve contribuir aos objetivos fixados na estratégia Europa 2020, tinindo em conta o impacto do comércio no crescimento sustentável da União Europeia (UE).

Agenda de negociação do comércio exterior da União Europeia.

  1. Acordos comerciais multilaterais (Ronda de Doha para o desenvolvimento)
  2. Tratados de comércio bilaterais (Coreia, ASEAN, a República da Índia, o Canadá, a América Central, a Comunidade Andina, a Ucrânia, EUROMED, o MERCOSUL, Estados do Golfo, a Líbia, a China, Chile, México, Turquia). Cobre mais do 35% do comércio mundial.
  3. Progressão nas relações comerciais com parceiros estratégicos: os Estados Unidos, China, a Rússia, o Japão, Índia, o Brasil
  4. Dimensão unilateral - Sistema de preferências generalizadas (SPG): tudo Menos Armas e o SPG +.

O setor dos serviços representa o 75% do produto interior bruto da União Europeia (nos países em desenvolvimento é do 50%). Mais do 75% dos postos de trabalho da União Europeia são gerados pelo setor serviços.

A indústria do automóvel Europeia é líder no mercado automotivo mundial, com operações integradas de automóveis que combinam a investigação, o desenho e o desenvolvimento, a produção e a distribuição internacional. As exportações da União Europeia de automóveis foram de 76.000 milhões de euros.

Um dos setores industriais mais competitivos da União Europeia é os produtos químicos; a União Europeia é o produtor mundial mais importante de produtos químicos. Com uma quota estimada do 33% da produção mundial, a União Europeia é o segundo lugar no mundo de fabricação de produtos de exportação farmacêuticos.

Normas de origem acordos da UE

A União Europeia é o segundo maior produtor mundial de aeronaves, a União Europeia também produz helicópteros, motores de aviação, as peças e componentes.

A União Europeia é um importador importante de produtos eletrónicos de consumo e de equipe, mantendo uma posição comparativamente mais forte nos setores de telecomunicações, componentes eletrónicos e dispositivos eletrónicos.

A União Europeia é o segundo produtor mundial de aço.

Os têxteis e as prendas de vestir são Alguns dos produtos mais comercializados na Economia global e a União Europeia domina os mercados de alta qualidade. Depois da China, a União Europeia é o segundo exportador mundial de produtos têxteis.

A União Europeia é o maior importador e exportador mundial de produtos agroalimentares.

Documento Único Alfandegário



Universidade U-EENI