Tawakkol Karman. Prémio Nobel da Paz

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular - senhora Tawakkol Karman (escritora, poeta, ativista e jornalista). Iémen:

  1. O Prémio Nobel da Paz iemenita Tawakkol Karman
  2. A Organização de mulheres Jornalistas Sem Cadeias
A subunidade curricular "Tawakkol Karman - Prémio Nobel da Paz" estuda-se:
  1. Mestrados profissionais: Países Muçulmanos, Negócios Internacionais
  2. Doutoramentos à distancia (DIB): Ética, Religiões e Negócios, Mercados Muçulmanos

Idioma de estudo: Pt ou Es Carman En Tawakkol Karman.

توكل كرمان.

Exemplo da subunidade curricular - Tawakkol Karman:
Tawakkol Karman

Descrição da subunidade curricular: Tawakkol Karman

A senhora Tawakkol Karman, nascida o 7 de fevereiro de 1979 em Iémen (Médio Oriente), é a primeira mulher árabe em receber o Prémio Nobel da Paz (2011) - junto com Ellen Johnson-Sirleaf (Libéria).

Tawakkol Karman é muçulmana.

Tawakkol Karman é escritora, poeta, ativista e jornalista é além disso, presidenta da Organização de mulheres jornalistas sem Cadeias. Tawakkol Karman é uma das mais destacadas defensoras da liberdade de prensa e dos direitos da mulher e dos direitos humanos em Iémen.

Tawakkol Karman é considerada a quarta mulher árabe mais poderosa do mundo segundo a revista "Negócios na Arábia".

Este reconhecimento é muito importante já que reconhece o papel de uma mulher muçulmana na luta não violenta em favor da liberdade. Na EENI queremos reconhecer a coragem e visão desta líder muçulmana a favor dos direitos humanos.

Recomendamos sua leitura.

O motivo do Prémio Nobel foi: "Por sua luta não violenta pela segurança e pelos direitos das mulheres para conseguir sua plena participação na construção da paz". A seguir citamos o discurso de aceitação do Prémio Nobel já que é um autêntico manifesto de Não-Violência (Ahimsa) e da harmonia entre Religiões.

Harmonia Religiões Ahimsa

"Aceito o prémio em meu nome e em nome da juventude revolucionária de Iémen e dos povos árabes, que estão liderando a luta pacífica de hoje contra a tirania e a corrupção com coragem moral e sabedoria política...

... Sempre achei que a
civilização humana é o fruto do esforço de mulheres e homens...

... Desde o primeiro Prémio Nobel da Paz em 1901, milhões de pessoas morreram nas guerras que poderiam ser tidos evitado com um pouco de sabedoria e valor. Os países árabes tiveram sua parte nestas trágicas guerras, embora sua terra é a terra das profecias e das mensagens divinas chamando à paz.

Desta terra saiu a Tora que leva a mensagem: "Não matará" e a Bíblia: "Abençoados os pacificadores" e a mensagem final do Alcorão exortando "Crentes, Vão à paz, todos e a cada um de vocês.
" Senhora Tawakkol Karman

Tawakkol Karman é a filha de Khaled Abdel-Salam Karman, líder dos Irmãos muçulmanos e Ministro de Assuntos Jurídicos e ex membro do Conselho da Shura de Iémen. Tawakkol Karman é a irmã do poeta do Iémen Tariq Karman e de Safa Karman uma jornalista de Al-Jazeera. A senhora Tawakkol Karman é casada com Mohamed al-Nahmi e é madre de três crianças.

Mulheres Jornalistas Sem Cadeias é uma organização não-governamental que trabalha para promover os direitos civis, designadamente a liberdade de opinião e de expressão, e os direitos democráticos. Também promove a utilização de diferentes meios de comunicação para promover a educação, a cultura, o pensamento e o desenvolvimento integral da comunidade, se centrado em primeiro lugar nos problemas das mulheres e das crianças e promover os princípios de bom governo e luta contra a corrupção.

A mulher árabe Tawakkol Karman pertence ao espaço económico árabe da civilização islâmica.

Religiões, Ética e negócios



EENI Escola de Negócios