Comunidade Desenvolvimento da África Austral

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo Conteúdo programático da unidade curricular - A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).

  1. Introdução à Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  2. Principais instituições da SADC
  3. História da SADC
  4. Tratado da SADC (1992)
  5. O perfil económico da região da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral
  6. Planos estratégicos (SADC)
  7. Desenvolvimento económico
  8. O comércio exterior na região da SADC
    1. Liberalização do comércio exterior
    2. Aduanas e a facilitação do comércio
    3. A política da concorrência
    4. Barreiras não tarifárias
    5. O comércio de serviços
  9. Programa de Desenvolvimento Comercial da SADC
  10. Plano Indicativo Regional de Desenvolvimento Estratégico
  11. Direção do comércio exterior, a indústria, as finanças e os investimentos
  12. Processo da integração na Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral
    1. Área de livre comércio (2008)
    2. União Aduaneira (2010)
    3. Mercado Comum (2015)
    4. União Monetária (2016)
    5. A moeda Única (2018)
  13. Programa de Apoio à Integração Económica Regional (*)
  14. Infraestruturas e serviços na região da SADC (*)
  15. Transporte na região da África Austral
    1. Corredor Norte-Sul
    2. Corredor Norte
    3. Corredor de Desenvolvimento de Nacala
    4. Corredor Lobito
    5. Cairo-Gaborone
  16. O setor marítimo, portos e vias navegáveis
  17. TIC e telecomunicações
  18. Turismo
  19. Alimentação, agricultura e recursos naturais
  20. Eixo comercial do Sul da África
  21. Os acordos de comércio livre:
    1. Os acordos de parceria económica aplicado previsionalmente SADC-União Europeia (UE).
    2. Acordo com a Associação Europeia de Livre Comércio (AELC).
    3. Acordo Preferencial de comércio com o MERCOSUL
    4. Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC
    5. União Aduaneira da África Austral (SACU)

(*) Só estão disponíveis em inglês.

Os objetivos da unidade curricular «Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)» são os seguintes:

  1. Compreender os objetivos e as instituições filiadas da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  2. Avaliar os benefícios para os países membros da SADC e as áreas da cooperação
  3. Analisar o processo da integração económica: a zona de livre comércio, a União Aduaneira, o Mercado Comum, a União Económica e Monetária e a moeda única da SADC
  4. Analisar o comércio intra-SADC
  5. Conhecer o Plano Indicativo Regional de Desenvolvimento Estratégico da SADC
  6. Conhecer os acordos de comércio livre (ACL) da SADC

Créditos

A unidade curricular «Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)» estuda-se:
  1. Doutoramento em Negócios na África (EaD)
  2. Mestrados profissionais à distancia: África Subsariana, Mercados Fronteiriços, Relações Económicas, Negócios Internacionais, Países BRICS (África do Sul)
  3. Cursos: África Austral, África Central, África Oriental

Idioma de estudo: Português ou Inglês Southern African Development Community Francês SADC Espanhol SADC.

  1. Créditos da unidade curricular «Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral»: 1,1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Exemplo da unidade curricular - SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral):
Comunidade Desenvolvimento África Austral

Confiamos na África

Descrição Descrição da unidade curricular - Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC):

A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) foi criada em 1980, é um agrupamento de quinze estados membros com uma visão comum que consiste em assegurar o bem-estar económico, a melhoria dos padrões e da qualidade de vida, a liberdade, a justiça social, a paz e a segurança da população da África Austral.

85% do comércio intrarregional entre os países parceiros da SADC desfrutam de tarifa zero.

A sede da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral é em Gaborone, Botsuana.

Os países membros da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) são: a África do Sul, Angola, Botsuana, o Lesoto, Madagáscar, o Maláui, Maurícia, Moçambique, a Namíbia, a República Democrática do Congo, as Seicheles, a Suazilândia, a Tanzânia, a Zâmbia e o Zimbábue.

O objetivo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) é alcançar o desenvolvimento e o crescimento económico da região através da integração regional.

Processo da integração na Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC):

  1. Área de livre comércio: criação da uma área de livre comércio em 2008. Doze dos quinze estados membros da SADC são parte da área de livre comércio, enquanto Angola, a República Democrática do Congo e as Seicheles não pertencem à ela
  2. União Aduaneira. Estabelecimento da União Aduaneira com impostos externos comuns para a área de livre comércio o 2010
  3. Mercado Comum. Conseguir um mercado comum ao acordar políticas comuns em matéria de regulação de produção para o ano 2015
  4. União Monetária. Conseguir a União Monetária através da convergência macroeconómica em 2016
  5. Moeda Única. Aceitação da uma Moeda Única e converter em uma União Económica em 2018

A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) tem o objetivo de criar um mercado comum, a médio prazo, seguindo o modelo básico da União Europeia (UE). Tem também o propósito de promover esforços para estabelecer a paz e a segurança na conturbada região meridional africana.

A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) pertence à civilização africana:

  1. Espaço económico da África Central
  2. Espaço económico da África Austral
  3. Espaço económico da África Oriental

União Aduaneira da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC):
União Aduaneira da SADC

O Protocolo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) sobre o comércio exterior exige aos estados membros a pôr em prática medidas encaminhadas a eliminar todas as barreiras não tarifárias existentes e se abster de acrescentar outras novas.

A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral reúne uma população de 277 milhões de pessoas e produz um produto interno bruto 575 bilhões de dólares, exportando 52,4 bilhões de dólares da sua produção e importando 50,8 bilhões de dólares em produtos do exterior.

  1. O crescimento económico médio: 6,8% (excluído Zimbábue).
  2. Angola, o Maláui, Moçambique e a Tanzânia registram altas taxas de crescimento de 7%.
  3. A África do Sul representa mais do 62 % do investimento direto estrangeiro (IDE) na região, seguida de Angola com uma média do 14 %.

A Direção Geral do Comércio Exterior, indústria, finanças e o investimento compreendem os seguintes programas:

  1. Cooperação Aduaneira
  2. Investimento e financiamento do desenvolvimento
  3. Convergência macroeconómica
  4. Políticas macroeconómicas. Programa de Convergência
  5. Tarifa de coordenação
  6. Mineração
  7. Competitividade produtiva
  8. Políticas regionais e multilaterais de comércio
  9. Normalização, garantia da qualidade, acreditação e metrologia.

A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) está sendo atualmente objeto de um processo de reestruturação, cujo propósito principal é aumentar a eficácia e a eficiência das suas políticas e programas, através da uma estratégia mais coerente e melhor coordenada. O Plano Indicativo Estratégico de Desenvolvimento Regional foi adotado para reger o processo de aprofundamento da integração e a cooperação regionais.

Acordo Tripartido barreiras não-tarifárias (África)

SADC-União Europeia
Acordo de Comércio Livre SADC-União Europeia

Web site Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral.

Universidade U-EENI