Ortodoxia: ética e negócios

EENI - Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular - Cristianismo ortodoxo: ética e negócios (Rússia)

Ortodoxos Negócios

  1. Introdução ao cristianismo ortodoxo
  2. Igreja Ortodoxa
  3. Hierarquia ortodoxa
  4. Ética ortodoxa e negócios
  5. Caso de estudo: Lev Tolstói, líder da Ahimsa (Não-Violência)
  6. Espaço económico da civilização ortodoxa

Empresários ortodoxos.

  1. Vladimir Potanin
  2. Helena Baturina
  3. Alexandre Lebedev
  4. Onsi Sawiris
  5. Nayla Hayek
  6. Mimi Alemayehou

Objetivos da unidade - Ortodoxia:

  1. Conhecer os pilares da ortodoxia
  2. Entender os princípios éticos dos ortodoxos
  3. Analisar as figuras de empresários ortodoxos importantes
  4. Conhecer a presença dos ortodoxos no mundo.
  5. Conhecer o papel fundamental da ortodoxia na civilização ortodoxa
A unidade curricular "Ortodoxia: ética e negócios" estuda-se:
  1. Doutoramento profissional Ética, Religiões e Negócios Internacionais
  2. Mestrado em Negócios nos Países BRICS
  3. Curso Negócios na Rússia

Idioma de estudo: Pt + En Orthodox Es Ortodoxia.

  1. Créditos da unidade curricular "Ortodoxia": 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Exemplo da unidade curricular - Ortodoxia: ética e negócios
Onsi Sawiris

Mimi Alemayehou Etiópia

Descrição da unidade curricular - Ortodoxia: ética e negócios:

A Igreja Cristã Ortodoxa é sem dúvida a mais desconhecida em Ocidente, apesar de contar com uns 250 milhões de adeptos, sendo a segunda igreja cristã mais importante.

O cristianismo ortodoxo é a religião mais importante na Bielorrússia, na Bulgária, no Chipre, na Geórgia, na Grécia, na Moldávia, no Montenegro, na Macedónia, na Rússia, Roménia, a Sérvia e a Ucrânia. É também uma religião muito importante no Cazaquistão, na Letónia, na Bósnia, na Albânia, no Quirguistão ou na Estónia.

Símbolo da Igreja Ortodoxa:

Igreja Ortodoxa

Quase todos estes países estiveram baixo a ditadura comunista, durante a qual foi ou perseguida ou duramente controlada. Com a queda do comunismo, a Cristandade Ortodoxa volta a ressurgir com muita força.

Para os ortodoxos, Jesus é a cabeça de sua igreja.

A diferença do centralismo católico, a igreja ortodoxa é organizada em diferentes igrejas autocéfalas (não dependem de ninguém mais por em cima, têm o direito de auto governar-se, podem nomear seus próprios bispos) lideradas pelos Patriarcas. Todas estas igrejas estão fraternizadas entre si.

Na cristandade ortodoxa, não encontramos uma figura equivalente à do Papa de Roma, o dogma da infalibilidade pontifícia não é eleito.

Conquanto as formas podem ser ligeiramente diferentes em ambas igrejas, a Romana e a Ortodoxa compartilham o batismo, a confirmação, a comunhão, a confissão ou o casamento, em determinados casos (loucura, abandono do lar...) os ortodoxos aceitam o divórcio.

Os ortodoxos não aceitam o dogma católico da Imaculada Conceição da Santíssima Virgem Maria.

Como dado curioso há que assinalar que, a diferença da Igreja Latina, nunca organizou nem participou nas cruzadas.

Ao igual que Lutero recusavam a venda de indulgências papais.

Ortodoxia Negócios ética

O Patriarca de Constantinopla (Turquia). O Patriarcado Ecuménico é o centro mais alto e mais sagrado da Igreja Cristã Ortodoxa em todo o mundo. É uma instituição com uma história que incluí dezassete séculos. Constitui o centro de todas as Igrejas ortodoxas locais.

A Igreja ortodoxa russa (Patriarcado de Moscou) é a igreja autocéfala ortodoxa da Rússia, conta com uns 140 milhões de adeptos, é fraternizada com as restantes catorze igrejas ortodoxas.

Harmonia Religiões Ahimsa

Ortodoxia: ética e negócios.

No caso da Rússia é difícil apreciar a influência ortodoxa nos principais homens de negócios, sobretudo porque a grande maioria deles provém da oligarquia, muitos deles eram altos diretores da KGB, e no processo de privatização conseguiram controlar muitas empresas. Este pertence à oligarquia e a própria hierarquia da ortodoxia fazer com que estas empresas estejam altamente hierarquizadas. No entanto, muitos destes empresários manifestam publicamente sua adesão à Igreja Ortodoxa. Se analisarão os seguintes casos de empresários russos ortodoxos:

    - Vladimir Potanin (Interros)
    - Helena Baturina (Inteco)
    - Alexandre Yevgenievich Lebedev (Novaya Gazeta).

Vladimir Potanin (Russo ortodoxo)
Vladimir Potanin

Lev Tolstói Não-Violência

Religiões e negócios: Zoroastrismo, Jainismo, Hinduísmo, Budismo, Taoismo, Confucionismo.



EENI Escola de Negócios