Fazendo negócios no Egito (Licenciatura África)

EENI- Unviersidade e Escola de Negócios


Início EENI

Fazendo negócios no Egito (Licenciatura em Negócios Interafricanos à distância, quarto semestre)


Licenciatura em Negócios Interafricanos (Solicitação de informação)

Licenciatura negócios África, EENI (Escola de Negócios) e Universidade HA

Unidade curricular - «Fazendo negócios no Egito» (3 ECTS) - Licenciatura em Negócios Interafricanos (quarto semestre)

Programa da unidade curricular: Fazendo negócios no Egito

  1. Introdução à República árabe do Egito
  2. A economia egípcia
  3. Os principais setores da economia egípcia
  4. Fazendo negócios no Cairo
  5. O comércio internacional egípcio
  6. Os portos egípcios
  7. O canal de Suez
  8. O investimento direto estrangeiro no Egito
  9. O acesso ao mercado egípcio
  10. O plano de negócios para o Egito

Os objetivos da unidade curricular «o comércio internacional e os negócios no Egito»:

  1. Aprender a fazer negócios no Egito
  2. Avaliar as oportunidades de negócios no Egito
  3. Analisar as relações comerciais do Egito com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos comerciais do Egito
  5. Aprender a desenvolver um plano de negócios para o Egito
  6. Estudar o perfil das mulheres e dos homens de negócios egípcios

O acordo de associação União Europeia-Egito

  1. Introdução ao acordo de associação União Europeia-Egito
  2. As principais características do acordo de associação União Europeia-Egito

O Acordo de Comércio Livre Egito-Associação Europeia de Livre Comércio

  1. Introdução ao Acordo de Comércio Livre Egito-Associação Europeia de Livre Comércio
  2. Os temas tratados no acordo comercial (ACL) Egito-AELC
  3. O comércio internacional entre a Associação Europeia de Livre Comércio (Islândia, Liechtenstein, Noruega, Suíça) e a República árabe do Egito

O Acordo de Comércio Livre MERCOSUL-Egito.

  1. O Acordo de Comércio Livre entre o MERCOSUL e o Egito
  2. O comércio internacional Egito-MERCOSUL
  3. O certificado de origem
  4. As regras de origem e as salvaguardas

O Acordo de Comércio Livre (ACL) Turquia-Egito.

  1. O Acordo de Comércio Livre entre a Turquia e o Egito
  2. O comércio internacional Egito-Turquia

Programa do tema: os homens de negócios egípcios

Ahmed Mekky

  1. O homem de negócios muçulmano egípcio Ahmed Mekky
  2. O grupo de telecomunicações «Gulf Bridge»

Tarek Talaat Moustafa

  1. O homem de negócios muçulmano egípcio Tarek Talaat Moustafa
  2. O grupo de imóveis Talaat Moustafa

Minoush Abdel-Meguid

  1. A banqueira e empresária muçulmana egípcia Minoush Abdel-Meguid
  2. O grupo financeiro União Capital

Hassan Abdalla

  1. O banqueiro e homem de negócios muçulmano egípcio Hassan Abdalla
  2. O Banco Internacional Árabe-africano
  3. A Fundação «Devemos-lho ao Egito»

Maomé Mansour

  1. O homem de negócios muçulmano egípcio Maomé Mansour
  2. O conglomerado egípcio Mansour

Onsi Sawiris

  1. O homem de negócios ortodoxo egípcio Onsi Sawiris
  2. O conglomerado egípcio Orascom

Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais
Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais

Confiamos na África

  1. ECTS = Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos
  2. CECT = Crédito de Avaliação Capitalizável e Transferível (CAMES)

Exemplos: Fazendo negócios no Egito (Licenciatura em Negócios Interafricanos à distância, quarto semestre)

Minoush Abdel-Meguid empresária do Egito

Tarek Talaat Mustafá (empresário egípcio)

Hassan Abdalla (empresário egípcio)

Acordo de Associação União Europeia-Egito

Maomé Mansour (empresário egípcio)

Língua da unidade curricular «Fazendo negócios no Egito» da Licenciatura em Negócios Interafricanos (quarto semestre): Ensino superior em Português ou Educação superior em Espanhol Licenciatura en negocios interafricanos Educação superior em Inglês Bachelor's Degree in Inter-African Business Cursos à distância EaD em Francês Licence en affaires interafricaines



(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)