Fazendo negócios na Geórgia

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular: o comércio exterior e os negócios na Geórgia. Tbilisi.

  1. Introdução à Geórgia
  2. A economia da Geórgia
  3. O comércio exterior georgiano
  4. O comércio exterior União Europeia-Geórgia
  5. O investimento direto estrangeiro (IDE)
  6. As oportunidades de negócio na Geórgia
  7. Fazendo negócios em Tbilisi
  8. O acesso ao mercado georgiano
  9. Plano de negócios para a Geórgia

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios na Geórgia» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior georgiano
  2. Avaliar as oportunidades de negócio na Geórgia
  3. Analisar as relações comerciais da Geórgia com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de comércio livre da Geórgia
  5. Desenvolver um plano de negócios para o mercado georgiano
A unidade curricular «Fazendo negócios na Geórgia» estuda-se:
  1. Doutoramento: Europa
  2. Mestrados profissionais à distância: Negócios Internacionais
  3. Curso: Eurásia Central
  4. Pós-Graduação: Europa Oriental

Idioma de estudo: Português + Inglês Geórgia Espanhol Georgia Francês Georgie.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios na Geórgia»: 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e fazendo negócios na Geórgia:

Acordo de Associação União Europeia-Geórgia

Descrição da unidade curricular - Fazendo negócios na Geórgia:

A República da Geórgia (Europa)

  1. As fronteiras da Geórgia: a Rússia, a Turquia, a Arménia e o Azerbaijão
  2. A capital: Tbilisi
  3. A moeda georgiana: Lari
  4. A população georgiana: 3,7 milhões de pessoas
  5. A área: 69.420 quilómetros quadrados
  6. A independência da União Soviética: 1991
  7. As línguas oficiais da Geórgia são o georgiano e o abkházia
  8. A religião na Geórgia: a maioria da população pratica o cristianismo ortodoxo oriental (84%)

A Geórgia pertence ao Espaço Económico da civilização ortodoxa.

A economia da Geórgia.

Como uma ponte entre a Europa e a Ásia, a Geórgia oferece acesso direto aos mercados europeus, do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) e da Comunidade dos Estados Independentes (CEI), representando em total mais de 1.000 milhões de consumidores.

  1. A Geórgia é um lugar privilegiado para as operações na região do Mar Negro
  2. Ocupa o posto décimo terceiro das 183 economias (relatório sobre facilidade de Fazer Negócios do Banco Mundial e da Corporação financeira Internacional)
  3. Antes da crise económica mundial, a Geórgia experimentou um crescimento económico sem precedentes, durante quatro anos a taxa de crescimento médio do PIB foi do 10,5% antes da crise, alcançando um máximo do 12% em 2007.
  4. Apesar da desaceleração recente do crescimento do PIB e do investimento estrangeiro causada pela crise financeira global, a taxa real do crescimento do PIB georgiano foi do 6,4%.
  5. Este crescimento foi estimulado por um importante investimento nacional e internacional.
  6. A Agência Nacional dos investimentos da Geórgia é o único organismo público encarregado de promover e facilitar o investimento direto estrangeiro (IDE) na Geórgia

Regimes de comércio internacional georgianos:

Parceria Oriental da UE

  1. O regime de Livre Comércio com os países da CEI e a Turquia (desde 2008)
  2. O regime da nação mais favorecida (NMF) com os países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC)
  3. O regime preferencial (Sistema de preferências generalizadas) com os Estados Unidos, o Canadá, o Japão, a Suíça, a Noruega
  4. O regime preferencial (SPG +) com a União Europeia (7.200 produtos livres de impostos)
  5. O acordo de comércio livre Geórgia-Associação Europeia de Livre Comércio (AELC)

A Geórgia é um parceiro do corredor TRACECA.

AELC-Geórgia acordo de comércio livre

As instituições económicas regionais e os acordos de comércio livre (ACL) da Geórgia:

  1. A Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro (BSEC)
  2. A Organização Regional desenvolvimento económico (GUAM)
  3. A Sinergia do Mar Negro
  4. O Banco Asiático de Desenvolvimento
  5. A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP)
  6. A Comissão Económica das Nações Unidas para a Europa (UNECE)
  7. As relações União Européia-Geórgia
    1. A Parceria Oriental da UE
    2. O Acordo de Associação União Europeia-Geórgia
    3. A Política Europeia de Vizinhança
    4. O Sistema de preferências generalizadas (SGP+)
    5. O Banco Europeu de Investimento (BEI)
  8. O Acordo de Comércio Livre (ACL) com a Turquia
  9. A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE)

A Geórgia é membro das Nações Unidas (NU), o Conselho da Europa, Iniciativa da União Europeia (UE), a Organização Mundial do Comércio (OMC), a Organização de Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro, a Organização para a Seguridade e a cooperação na Europa, a Organização Regional para o desenvolvimento económico (GUAM), a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económicos e o Banco Asiático de Desenvolvimento.

Ortodoxia Negócios e Ética

Comércio exterior e fazendo negócios na Geórgia

Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro (BSEC)



Universidade U-EENI