G5 Sahel (Luta contra o terrorismo)

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular - O G5 Sahel: Burkina Faso, Chade, o Mali, a Mauritânia e o Níger.

  1. Introdução ao G5 Sahel: Burkina Faso, Chade, o Mali, a Mauritânia e o Níger (África).
  2. A ameaça do terrorismo yihadista no Sahel (Al-Qaeda no Magrebe Islâmico, o Movimento pela Unidade e a Jihad na África Ocidental (MUJAO) - Al Mourabitoune, Boko Haram).
  3. Os objetivos do G5 Sahel: a Luta contra o terrorismo yihadista
  4. O Esquema Piloto do G5 Sahel
    1. A Conferência dos Chefes de Estado
    2. O Conselho de Ministros
    3. A Secretaria Permanente do G5 Sahel
  5. As associações do G5 Sahel com a França, a UE, o Japão, as Nações Unidas
A subunidade curricular «O G5 Sahel» estuda-se...
  1. Cursos: África Ocidental, África Central, Magrebe
  2. Mestrados: África Subsariana, Países Muçulmanos
  3. Doutoramentos: Negócios na África, Mercados Muçulmanos

Língua de estudo: Portugués ou Inglés G5 Sahel Francés G5 Sahel Español G5 Sahel.

Exemplo da subunidade curricular - O G5 Sahel:
G5 Sahel- Luta terrorismo yihadista

Confiamos na África

Descrição da subunidade curricular - O G5 Sahel: Burkina Faso, Chade, o Mali, a Mauritânia e o Níger

O objetivo principal do G-5 Sahel é garantir a segurança no Sahel, particularmente para lidar à ameaça do terrorismo yihadista (Al-Qaeda no Magrebe Islâmico, o Movimento pela Unidade e a Jihad na África Ocidental (MUJAO) - Al Mourabitoune, Boko Haram).

O G-5 Sahel é vital para garantir a segurança e acabar com a ameaça jihadista no Sahel.

  1. Os países membro do G-5 Sahel: o Burkina Faso, o Chade, o Mali, a Mauritânia e o Níger
  2. O G-5 Sahel foi criado em fevereiro de 2014
  3. A sede do G-5 Sahel: a Mauritânia
  4. Exceto a Mauritânia, todos os países do G-5 Sahel não tem acesso ao mar
  5. O árabe e o francês são as principais línguas da região do G-5 Sahel

O G5 Sahel procura melhorar as condições de vida das pessoas do Burkina Faso, do Chade, do Mali, da Mauritânia e do Níger, além de promover a democracia e a boa governança no Sahel.

O G5 Sahel tem programas para o desenvolvimento das infra-estruturas de transportes, a energia, a hidráulica, as telecomunicações ou a segurança alimentar.

O G5 Sahel concentra-se nas áreas transfronteiriças, sem litoral, com uma baixa densidade humana ou com uma presença fraca do estado.

As comunidades económicas regionais africanas relacionadas com os países do G5 Sahel:

  1. O Burkina Faso, o Chade, o Mali, a Mauritânia e o Níger pertencem à Comunidade dos Estados Sahelo-Saarianos (CENSAD)  e ao Sistema de Comércio Preferencial entre os Estados-membros da Organização para a Cooperação Islâmica (TPS-OCI)
  2. Todos os países do G5 Sahel menos a Mauritânia pertencem à:
    1. A Autoridade da Bacia do Níger
    2. A Organização para a Harmonização em África do Direito dos Negócios (OHADA)
  3. O Burkina Faso, o Mali e o Níger pertencem à:
    1. A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)
    2. A União Económica e Monetária da África do Oeste (UEMOA)
  4. O Chade pertence à:
    1. A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)
    2. A Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC)
  5. A Mauritânia pertence à União do Magrebe Árabe (UMA)

A logística relacionada com os países do G5 Sahel:

  1. A Carreteira Transaheliana
  2. O Corredor Argel-Lagos
  3. O Corredor O Cairo-Dakar
  4. O Corredor Dakar-Lagos
  5. O Corredor Trípoli-Chade-Windhoek
  6. O Corredor N'Djamena-Jibuti
  7. O porto mais perto do Burkina Faso é o Porto de Abidjan
  8. O porto mais perto do Chade é o Porto de Duala
  9. O porto mais usado para acessar ao Mali é o Porto de Dakar é o Porto de Cotonou para aceder ao Níger

A religião principal na região do G5 Sahel é o Islã:

  1. Praticamente toda a população do Mali, da Mauritânia e do Níger é muçulmana
  2. No Chade o Islã representa 44% da população chadiana e o cristianismo 33%
  3. No Burkina Faso, 60% da população é muçulmana.
  4. No Chade e no Burkina Faso a influência do animismo é muito importante.

Os países do G5 Sahel pertencem a três espácios económicos da Civilização Africana:

  1. O Burkina Faso, o Mali e o Níger pertencem ao Espaço Económico da África Ocidental
  2. A Mauritânia ao Espaço Económico magrebino
  3. O Chade ao Espaço Económico da África Central


Universidade U-EENIPaz, Não Terrorismo