Fundos Estruturais e do investimento da UE

EENI- Unviersidade e Escola de Negócios


Início EENI

Conteúdo programático da unidade curricular: os Fundos Estruturais e do investimento da União Europeia.

  1. Introdução aos Fundos Estruturais e do investimento da União Europeia
  2. O Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)
  3. O Fundo Social Europeu (FSE)
  4. O Fundo de Coesão (FC)
  5. O Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER)
  6. O Fundo Europeu Marítimo e de Pesca (FEMP)

Os objetivos da unidade curricular «Fundos Estruturais e do investimento da UE» são os seguintes:

  1. Compreender a função dos Fundos Estruturais e do investimento da UE
  2. Avaliar os diferentes fundos estruturais da União Europeia
A unidade curricular «Os Fundos Estruturais e do investimento da UE» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior à distância da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
  1. Doutoramento à distância: Europa
  2. Mestrados: Europa, Negócios Internacionais
  3. Curso: União Europeia
  4. Licenciatura em Comércio Internacional

Línguas da unidade curricular: Ensino superior em Português + Educação superior em Espanhol Fondos Estructurales UE Educação superior em Inglês EU Structural Funds Cursos à distância EaD em Francês Fonds structurels UE.

Exemplo da unidade curricular - os Fundos Estruturais e do investimento da UE:
Fundos Estruturais e do investimento da UE

Descrição da unidade curricular - os Fundos Estruturais e do investimento da UE:

A União Europeia tem os seguintes Fundos Estruturais e do investimento:

  1. O Fundo Europeu de desenvolvimento Regional (FEDER). Objetivo: fortalecer a coesão económica
  2. O Fundo Social Europeu
  3. O Fundo de Coesão. Países beneficiários do fundo de coesão: Bulgária, a República Checa, Chipre, Croácia, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Grécia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia, Portugal e a Roménia
  4. O Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural
  5. O Fundo Europeu Marítimo e de Pesca

Os principais objetivos de estes fundos europeus são melhorar a economia, o meio ambiente e o emprego.

Os Fundos Estruturais e do investimento europeus são gerenciados pela Comissão Europeia e pelos países membro da União Europeia: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, Dinamarca, França, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, os Países Baixos, Polónia, Portugal, o Reino Unido (BREXIT), a República Checa, Roménia e a Suécia (Europa).

Os Fundos Estruturais e do investimento da UE pertencem ao Espaço Económico Europeu da civilização ocidental.



(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)