Escola de Negócios EENI Business School

Economia russa


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - A economia russa. O comércio internacional da Rússia.

  1. Introdução à economia russa
    1. Os antecedentes históricos.
  2. A privatização;
  3. A economia russa hoje em dia;
  4. Os recursos naturais e a agricultura;
  5. O setor energético russo;
  6. O comércio exterior (exportações, importações) da Rússia;
  7. O comércio União Europeia-Rússia;
  8. A Alfândega Russa;
  9. A União Aduaneira entre a Rússia, a Bielorrússia e o Cazaquistão;
  10. As relações internacionais da Federação Russa;
  11. Os acordos comerciais com a Arménia e a Sérvia;
  12. Casos de estudo:
    1. A indústria automobilística na Rússia;
    2. O grupo GAZ.

Os empresários russos.

  1. Vladimir Potanin;
  2. Helena Baturina;
  3. Alexandre Lebedev.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Negócios na Rússia

Estudantes Negócios Internacionais, Curso Mestrado Doutoramento

A UC «A economia russa» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Europeus, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Mestrados (MIB): Negócios na Europa, Negócios Internacionais.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Curso: Negócios na Rússia.

Federação Russa: Investimento, Portos da Rússia, Sistema de pagamentos, Empresas russas, Lev Tolstoi

Línguas: Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Russian economy Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Rusia Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Russie.

  1. Créditos da UC «A economia russa»: 2 ECTS;
  2. Duração: 2 semanas.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Cristianismo ortodoxo, ética e negócios.

A Rússia é um das dez maiores economias do mundo.

Exemplo:
Corredor Económico China-Mongólia-Rússia, Nova Rota da Seda

A economia russa:

  1. A Rússia é o maior país do mundo;
  2. O PIB (nominal) russo: 2.118 mil milhões de dólares (a oitava maior economia do mundo)
    1. A agricultura 2,2%;
    2. A indústria: 36,8%;
    3. Os serviços: 61%.
  3. O PIB (paridade de poder aquisitivo): 3.558 mil milhões de dólares (sexto mundial);
  4. O PIB da Rússia per capita: 24.370 dólares (PPP);
  5. A inflação: 15%;
  6. A Rússia é um país da renda média;
  7. A Rússia é hoje um dos países BRICS;
  8. O Presidente do Grupo Interros, Vladimir Potanin é um dos principais empresários e filantropos da Rússia;
  9. A Rússia é um dos países mais ricos em matérias-primas, é o responsável do 20% da produção mundial de petróleo e de gás natural e possui grandes reservas de ambos os combustíveis;
  10. Depois da queda da União Soviética, a Rússia está tentando estabelecer uma economia de livre mercado e conseguindo um crescimento económico importante;
  11. Devido à fraqueza das suas instituições políticas e económicas assim como às dificuldades existentes para o investimento estrangeiro direto, o transporte, pagamentos...;
  12. A Rússia sofreu uma grave crise em 1998, o rublo desvalorizasse-se além de causar sérios problemas na população;
  13. No entanto, nos últimos anos a economia russa estão-se recuperando;
  14. As empresas que desejem fazer negócios na Rússia encontram-se com um mercado com grandes oportunidades de negócio mas com graves problemas estruturais e culturais: a fraqueza do seu sistema bancário, o «business climate» que dificulta o investimento estrangeiro direto (IED), a corrupção, a falta de credibilidade nas instituições, a máfia, os oligarcas, etc;
  15. Os empresários que desejem fazer negócios na Rússia têm que conhecer e compreender a complexa mentalidade russa, em onde os negócios fazem-se de forma muito diferente. Além disso, se deverá conhecer o protocolo dos negócios na Rússia, o estilo de comunicação e negociação, etc..

O comércio exterior russo.

  1. A Rússia pode ser uma excelente plataforma para aceder às antigas ex-repúblicas soviéticas da Ásia Central (o Uzbequistão, o Cazaquistão, o Turquemenistão...);
  2. A Rússia é um membro da Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico, da APEC e da Organização para a Cooperação de Xangai (SCO) entre outros;
  3. A Rússia exporta 350 bilhões de dólares;
  4. Os principais destinos das exportações russas: os Países Baixos, a Itália, a Alemanha, a Turquia, a Ucrânia, a China, a Polónia...;
  5. As importações: 230 bilhões de dólares;
  6. Os principais fornecedores russos: a China, a Alemanha, o Japão, a Ucrânia, os Estados Unidos...;
  7. A Rússia depende muito das exportações de commodities, principalmente do petróleo, do gás, dos metais, etc. Que representam um 80% das suas exportações, sendo muito sensíveis às variações internacionais dos preços destas matérias-primas.

Exemplo:
Vladimir Potanin (Rússia, empresário russo e filantropo)

A Rússia é membro...

  1. A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico;
  2. A Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC);
  3. A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI);
  4. O Fundo Monetário Internacional (FMI);
  5. A Organização para a Cooperação Islâmica (estado observador);
  6. ...

Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Rússia: Organização para a Cooperação de Xangai, União Económica Eurasiática, Comunidade dos Estados Independentes, União Europeia, Brasil-BRICS, África-BRICS, Comunidade Andina, Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro, ASEAN, Conselho de Estados do Mar Báltico...

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Iniciativa Eurasiática de transporte terrestre (Rota da Seda China-Europa)

Corredores de transporte:

  1. Caminho de ferro Transiberiano (Rússia, Mongólia, China, Coreia do Norte);
  2. Nova Rota da Seda (China-Europa);
  3. Corredor Internacional de Transporte Norte-Sul (Índia-Rússia);
  4. Corredor Pan-europeu II (Rússia-Bielorrússia-Polónia-Alemanha);
  5. Corredor Económico Almaty-Bisqueque;
  6. Corredor Económico China-Mongólia-Rússia;
  7. Corredor Pan-europeu IX (Finlândia-Rússia-Grécia);
  8. Corredor Económico China-Ásia Central-Ásia Ocidental;
  9. Acesso ao:
    1. Corredor de Transporte Europa-Cáucaso-Ásia (TRACECA);
    2. Corredor de Transporte Trans-Caspiano (Corredor Central);
    3. Corredor de Transporte Mar do Norte-Báltico;
    4. Corredor de Transporte Afeganistão-Turquemenistão-Azerbaijão-Geórgia-Turquia (Lápis-lazúli);
    5. Corredor Internacional de Transporte do Acordo de Asgabate;
    6. Corredor Índia-Chabahar (Irão)-Afeganistão;
    7. Corredor de Transporte Báltico-Adriático;
    8. Convenção relativa ao Contrato de Transporte Internacional de Mercadorias por Estrada (CMR).

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Corredores de Transporte Europeus


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página