Escola de Negócios EENI Business School

Comissão Económica e Social para a Ásia


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico.

  1. Introdução à Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP / CESAP);
  2. Objetivos e programas da Comissão Económica e Social para a Ásia;
  3. Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável;
  4. Comitê de Política Macroeconómica, Redução da Pobreza e Financiamento ao Desenvolvimento
    1. Pesquisa Económica e Social da Ásia e do Pacífico;
    2. Crescimento Económico na Ásia-Pacífico;
    3. Cooperação e integração económica regional na região Ásia-Pacífico. Políticas de desenvolvimento;
    4. Melhorar a cooperação e a integração económica regional na região Ásia-Pacífico;
    5. Financiamento ao desenvolvimento;
    6. Mercado de Capitais da Ásia.
  5. Resposta socioeconómica ao COVID-19: o quadro ESCAP
    1. COVID-19: Rumo a uma recuperação inclusiva, resiliente e verde;
    2. Fortalecimento dos corredores de transporte de mercadorias do sul da Ásia após o COVID-19.
  6. Comitê de Comércio e Investimento da Comissão Económica e Social da Ásia
    1. Portal de Indicadores de Comércio da Ásia-Pacífico (APTIP);
    2. Facilitação do comércio e comércio sem papel na região Ásia-Pacífico;
    3. Expansão do comércio na região Ásia-Pacífico;
    4. Relatório de Comércio e Investimentos da Ásia-Pacífico;
    5. Rede de Treinamento e Pesquisa da Ásia-Pacífico sobre Comércio (ARTNeT);
    6. Acordos comerciais regionais na Ásia;
    7. Banco de Dados dos Acordos de Comércio e Investimento da Ásia-Pacífico (APTIAD);
    8. Acordo Comercial Ásia-Pacífico (APTA);
    9. Serviços e cadeias globais de valor: a realidade da Ásia-Pacífico, estudos sobre comércio, investimento e inovação;
    10. Negócios e Investimentos Sustentáveis;
    11. Investimento estrangeiro direto estrangeiro e desenvolvimento sustentável do país de origem.
  7. Comissão dos Transportes
    1. Introdução ao transporte e a logística na região Ásia-Pacífico;
    2. Rodovia asiática;
    3. Ferrovia Trans-Asiática;
    4. Transporte Marítimo;
    5. Portos secos e ligações intermodais de transporte;
    6. Facilitação de transporte;
    7. Transporte entre ilhas;
    8. Sistemas Inteligentes de Transporte.
  8. Anuário Estatístico da Ásia-Pacífico da Comissão Económica e Social da Ásia;
  9. Regionalismo na Ásia.

Os objetivos da UC «A Comissão Económica e Social das Nações Unidas para a Ásia e o Pacífico (CESPAP)» são os seguintes:

  1. Compreender os objetivos (integração regional, desenvolvimento asiático) da Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP);
  2. Analisar a função dos Comitês de Comércio Internacional e Investimento e de Transporte;
  3. Conhecer a importância dos acordos comerciais regionais na Ásia (conceito de regionalismo asiático);
  4. Analisar a economia asiática e os principais indicadores comerciais;
  5. Compreender os programas de facilitação do comércio na região Ásia-Pacífico;
  6. Analisar o impacto do COVID-19 na economia asiática.

Exemplo:
A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAO)
Regionalismo na Ásia (Cursos Mestrados Doutoramentos)

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Organizações Asiáticas

Estudantes, Comércio Exterior Mestrado Doutoramento

A UC «A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP)» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Mestrados (MIB): Negócios Internacionais, Comércio Exterior.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Asiáticos, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior ou Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Comisión Económica y Social para Asia Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Economic and Social Commission for Asia and the Pacific (ESCAP) Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Commission économique pour l’Asie.

  1. Créditos da UC «A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAO)»: 1 ECTS;
  2. Duração: 1 semana.

Exemplo:
Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP / CESAP) Cooperação e integração económica regional na região Ásia-Pacífico

Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAO).

O braço regional da Secretaria das Nações Unidas para a região da Ásia e do Pacífico é a Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP/CESAP).

A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAO) está localizada no edifício das Nações Unidas em Banguecoque (Tailândia).

A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico trata de superar alguns dos maiores reptos da região. Leva a cabo o trabalho em três áreas temáticas principais:

  1. A redução da pobreza;
  2. O gerenciamento da globalização;
  3. Os problemas sociais emergentes.

A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico encarrega-se das questões económicas e sociais da região, a qual cobre cinquenta e um Estados-membros, e nove Estados-membros associados, que representam quase 60 % da população mundial. O crescimento da região foi de 8,8% e teve 19 milhões de novos pobres.

As altas taxas de crescimento económico registadas metodicamente na maioria dos países em desenvolvimento da região da Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico durante os dois decénios últimos contrastam espetacularmente com os lentos progressos realizados em matéria de desenvolvimento social.

Nos últimos anos a região da Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAO) conheceu um rápido aumento no número de acordos comerciais preferenciais, tanto a nível bilateral como regional. Este fenómeno mudou o meio estratégico das relações comerciais na região e o aumento da complexidade dos mercados regionais.

O Comité sobre o comércio exterior e o investimento aborda os mecanismos regionais e os acordos de cooperação em comércio, o investimento e as finanças, incluindo o Acordo de Livre-Comércio da Ásia-Pacífico.

A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico calcula que reduzindo um 10% os custos de exportação ao interior da fronteira e na mesma fronteira, o comércio exterior da região da Ásia e o Pacífico poderia aumentar até 286.000 milhões de dólares.

Os dados do Banco Mundial e da Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico revelam que a região da Ásia e do Pacífico avançou muito na redução dos custos e do tempo ao interior das fronteiras, mas o panorama varia substancialmente segundo os países.

Os Estados-membros da Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAO) são: Afeganistão, Arménia, Austrália, Azerbaijão, Bangladeche, Butão, Brunei Darussalã, Camboja, Cazaquistão, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Fiji, Filipinas, França, Geórgia, Índia, Indonésia, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Irão, Japão, Kiribati, Laos, Malásia, Maldivas, Micronésia, Mongólia, Mianmar, Nauru, Nepal, Países Baixos, Nova Zelândia, Paquistão, Palau, Papua-Nova Guiné, Quirguistão, Rússia, Samoa, Singapura, Sri Lanka, Tajiquistão, Tailândia, Timor-Leste, Tonga, Turquia, Turquemenistão, Tuvalu, Reino Unido, Uzbequistão, Vanuatu, Vietname.

Os membros associados: Samoa Americana, Ilhas Cook, Polinésia Francesa, Guam, Hong Kong, Macau, Nova Caledónia, Niuê, Ilhas Marianas do norte.

Fazendo negócios com a Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico.

Na Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico as funções de compra foram encarregadas à Unidade de Compra e Transporte (âmbito da Secção de Serviços Gerais da Divisão de Administração). As compras realizam-se localmente em quase um 90% dos fornecimentos e dos serviços provem de vendedores da região.

  1. Comissão Económica para a África (ECA);
  2. Comissão Económica para a Europa (UNECE);
  3. Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (CEPAL);
  4. Comissão Económica para a Ásia Ocidental (CESPAO).

Os acordos comerciais (ESCAP)
Acordo de Livre-Comércio na Ásia


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página