Cursos Comércio Internacional - Quem deve participar?

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Perfil do aluno Mestrado em Comércio Exterior.


Modelo Educativo. Quem deve participar?

Perfil do aluno Mestrado EENI

Perfil do aluno do Mestrado Internacionalização.

Postos de trabalho relacionados com o Mestrado.

Postos de trabalho Comércio Exterior

Os cursos são voltados principalmente para um público-alvo de pessoas ocupadas em suas atividades profissionais ou outros estudos, e que dispõem de pouco tempo para dedicar-se aos estudos. Considera-se uma carga de estudo de 10 a 12 horas semanais como adequada para assimilação e retenção da matéria estudada.

Os programas da EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais) atendem ao usuário final, ao estudante diretamente interessado em atuar em Comércio Exterior e marketing Internacional, aos profissionais da área que precisam se atualizar e às empresas que precisam treinar e reciclar com rapidez e eficiência o seu pessoal. Atendem também às instituições educacionais, como complemento e enriquecimento dos seus programas didáticos, pela abundante disponibilidade de informações atuais "online" que os programas da EENI são os únicos a oferecer nessas áreas.

1.- OS ADMINISTRADORES de empresas. Objetivo: Atualizar-se sobre as técnicas de comércio exterior e das finanças internacionais.

2.- OS CONTADORES. Objetivo: Conhecer para manipular melhor os mecanismos de financiamentos das exportações e das finanças internacionais.

3.- OS ADVOGADOS EMPRESARIAIS. Objetivo: Aplicar conhecimentos das técnicas de comércio exterior, em especial os Incoterms, das técnicas de arbitragem e das cobranças Internacionais.

4.- OS EXECUTIVOS DE COMÉRCIO INTERNACIONAL. Objetivo: Aprofundar o conhecimento das técnicas de negociação internacional, de vendas, da segmentação de mercados, dos Preços de exportação e como encarar a concorrência.

5.- OS CHEFES EM DEPARTAMENTO DE EXPORTAÇÃO. Objetivo: Aperfeiçoar-se no manejo das técnicas gerais do Marketing, do Transporte e logística Internacional, da Distribuição, do Faturamento e da Cobrança Internacional.

6.- OS OPERADORES DE COMÉRCIO EXTERIOR. Objetivo: Adquirir e ampliar os conhecimentos gerais das técnicas de comércio exterior, para desempenhar com maior eficiência as suas atribuições funcionais.

7.- OS DESPACHANTES ADUANEIROS E SEUS AUXILIARES. Objetivo: Atualizar-se nas técnicas de comércio exterior para ampliar sua oferta de melhores serviços aos exportadores e usuários dos serviços de despachante aduaneiro.

8.- OS TRANSITÁRIOS, AGENTES DE CARGAS E SEUS AUXILIARES. Objetivo: Ampliar os conhecimentos das técnicas de comércio exterior, em especial das competências envolvendo os Incoterms, as embalagens, a unitização das cargas, afretamentos e documentação internacional.

9.- OS CORRETORES DE CÂMBIO E SEUS AUXILIARES. Objetivo: Aprofundar o conhecimento das técnicas financeiras e de câmbio internacionais, para maior proveito dos seus clientes.

10.- OS CORRETORES DE SEGUROS E SEUS AUXILIARES. Objetivo: Aprofundar o conhecimento das técnicas de cobertura de riscos e de adequação das embalagens para maior economia dos custos das apólices.

11.- OS PROFESSORES DE COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO. Objetivo: Atualizar e familiarizar seus alunos com as novas técnicas de aprendizado à distância, como instrumento de apoio suplementar para as aulas presenciais.

12.- As ESCOLAS E INSTITUTOS DE ENSINO DO COMÉRCIO. Objetivo: Oferecer mais apoio aos professores, ampliar o quadro de estudantes, oferecendo cursos à distância, sob supervisão dos professores.

13.- OS ESTUDANTES de Administração, Marketing, o comércio internacional, a economia, Direito
objetivo: Conhecer em profundidade as técnicas do marketing internacional, de vendas, de Distribuição, de Publicidade, de Promoção. Saber como utilizá-las adequadamente, como operar uma empresa ou departamento de comércio exterior, as técnicas de arbitragem internacional, do preço e da contratação de pessoal no exterior, entre outros temas de capacitação profissional e técnica para o comércio internacional.

Diploma

Sobre o e-learning

Flexibilidade. O sistema permite para aqueles alunos que não têm tempo de assistir a aulas presenciais (devido a viagens frequentes, excesso de trabalho, que moram ou trabalham fora das cidades ou em bairros distantes, etc.) ou mesmo que não queiram sujeitar-se a horários rígidos fazer um esforço de formação de alta qualidade, em sua própria residência ou no lugar de trabalho. As mudanças demográficas têm contribuído decisivamente para o rápido crescimento do ensino à distância (e-learning). A grande proporção de estudantes que adota os programas de educação contínua sendo adultos com tempo e orçamentos cada vez mais exíguos. A educação à distância permite que, "em qualquer lugar" e "a qualquer hora", todos possam estudar e ser recompensados pelos seus esforços.

Como é e como funciona o -learning? O e-Learning, método adotado pela EENI, é da maior coerência formativa profissional e altamente interativo, incorporado pelos seus programas formativos. O e-Learning, embora não seja muito recente, está expandindo explosivamente, graças a forte presença da Internet e do instrumento poderoso e fácil de usar o computador.

O e-learning oferece muito mais do que a aula tradicional. O e-Learning não deve ser confundido com os conhecidos cursos por correspondência. O e-Learning é muito mais próximo da aula tradicional do que qualquer outro método de ensino à distância. No método tradicional, em classe, o livro texto e o caderno de anotações são a norma, em geral suplementada por outros recursos, quadro-negro, projeções, etc. No e-Learning, tal como numa classe tradicional, cada aluno tem um Professor que encaminha o estudo, orienta e esclarece as dúvidas, recomenda leitura adicional, dá referências virtuais e fomenta trabalhos e exercícios, testes de autoavaliação. Além de interagir nos chats e fóruns virtuais em nosso e-campus.

Qual a diferença entre e-learning e classe tradicional? A principal diferença é que o aluno não precisa ir a escola. Ele estuda em casa, onde lhe for mais conveniente. O computador oferece a estrutura para a interação entre os estudantes, a Classe Virtual e os professores. O acesso ao e-campus é facilmente disponível para todos os estudantes inscritos. Para isso, basta estar conectado com a INTERNET. Além disso, com os conteúdos, ele tem permanentemente um arquivo de informações que pode ser consultado a qualquer hora.

Professores Comércio Exterior

O e-learning serve para você? Se você tem autoconfiança, força de vontade, dispõe de um computador próprio ou emprestado e gosta de aprender dentro de um ambiente moderno e dinâmico, os nossos cursos oferecem o único e mais excitante método de aprendizagem e aperfeiçoamento que um Programa de comércio exterior pode apresentar.

Existem três caminhos para se entrar no comércio exterior:

  1. O Primeiro - Usando o método do erro e acerto, que, em geral, custa muito tempo e dinheiro e possui êxito incerto e demorado
  2. O Segundo - Seguindo o palpite de algum entendido, que pode encaminhar seus esforços num sentido contrário aos seus verdadeiros objetivos, com grande perda de tempo e êxito imprevisível
  3. O Terceiro - Dominando os melhores métodos de ação nos mercados internacionais, adotando os melhores processos e seguindo as táticas mais eficientes. Com economia de custos, redução do tempo e êxito assegurado

Sem dúvida o Terceiro caminho é o mais racional e o que leva ao sucesso mais rapidamente e mais economicamente

Es Comercio Exterior En International Trade Fr Commerce International.



EENI Escola de Negócios