Tese do Doutoramento Europa

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

 Tese do Doutoramento profissional em Negócios na Europa a distância

Doutoramento profissional em Negócios Internacionais especialização Europa (e-learning).

Trabalhos de investigação e plano da tese do Doutoramento em Negócios na Europa (40 ECTS).

Com o apoio do Diretor de tese, o doutorando deve realizar as investigações adequadas que conduzam-lhe à realização do seu plano da tese. O doutorando tem que elaborar e apresentar um plano da tese, que pelo menos, deve incluir o título provisório de tese, os objetivos que pretende alcançar, a metodologia que empregará e os meios e o planejamento temporário.

O doutorando deve estudar o módulo «Metodologia da investigação» que apresenta o método de preparação de uma tese.

A EENI valorizará muito positivamente que os resultados de tese possam beneficiar ao desenvolvimento do continente europeu.

Tese e defesa da Tese do Doutoramento profissional em Negócios na Europa (120 ECTS).

Baixo a supervisão do Diretor de tese, o doutorando desenvolve a investigação e propõe os resultados obtidos. O doutorando poderá selecionar a temática que deseje dentro dos parâmetros das linhas de investigação propostas pela EENI, criando uma tese que deve ser completamente original e própria, a qual será publicada na plataforma da EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais) criada a tal efeito.

A Direção do Doutoramento pode autorizar o depósito da tese como compêndio das publicações sempre que reúnam-se os requisitos estabelecidos pela Direção da EENI.

A defesa da tese realiza-se pela videoconferência.

Defesa da tese doutoramento EENI (videoconferência)

No processo de admissão, a Direção do Doutoramento DIB Europa atribuirá ao estudante um tutor, que é o responsável pela coordenação da atividade do estudante no programa de doutoramento.

Além disso, é atribuído um Diretor de tese, que deve guiar ao estudante no planejamento da mesma e é o máximo responsável pela coerência e pela novidade de tese. O Diretor de tese poderá ser eleito pelo estudante entre o quadro próprio dos doutores da EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais) ou livremente sempre que seja doutor. O tutor e o diretor podem coincidir. Admite-se assim mesmo a codireção de tese.

Diretora dos Doutoramentos (Doutorados) em Negócios Internacionais da Escola Superior de Negócios Internacionais: Dra. Margarita Carrillo López

Dra Marga Carrillo

Professores da EENI na Europa:
Professores EENI

Exemplos de Linhas de investigação para as Teses do doutoramento profissional Negócios na Europa

A seguir, mostram-se alguns exemplos das linhas de investigação do Doutoramento profissional em Negócios Internacionais especialização Europa.

  1. As interações entre o Espaço Económico europeu, o ortodoxo e o eurasiático
  2. Causas e consequências do BREXIT
  3. O cristianismo e negócios na Europa
  4. Os setores estratégicos da economia da UE
  5. As fortalezas e debilidades dos países do Leste Europeu
  6. A integração regional na Europa
  7. Blocos de integração regional (UE, EFTA, CEFTA...)
  8. O comércio intraeuropeu
  9. As interligações entre os mercados europeus
  10. As aduanas na Europa
  11. A UE e a ajuda ao desenvolvimento
  12. A logística e transporte na Europa
  13. O investimento estrangeiro direto (IED) na UE
  14. Até onde pode alargar-se a UE?
  15. As cadeias de valor europeias
  16. A corrupção na Europa
  17. A Diáspora Africana na Europa
  18. A Europa e a globalização
  19. O futuro da UE
  20. Críticas à Agenda 2020 da UE
  21. Os estados centrais europeus
  22. As relações internacionais da UE
  23. As fortalezas e debilidades do mercado único da UE
  24. A União Europeia e a África
  25. A União Europeia e a Ásia
  26. A União Europeia e a América Latina
  27. A contradição entre o Nobel da Paz concedido à UE e o comércio exterior de armas de alguns países europeus
  28. A exportação para os mercados africanos dos produtos europeus subvencionados
  29. A Rússia como estado central
  30. O papel da Rússia na Ásia Central
  31. A Rússia, um parceiro amigo ou inimigo da UE?
  32. A política exterior russa
  33. A economia digital na UE
  34. As fortalezas e debilidades económicas dos países do Sul do Cáucaso
  35. Os paraísos fiscais na Europa e a sua relação com o comércio exterior
  36. Vantagens e desvantagens da entrada da Turquia na UE
  37. Será a Turquia alguma vez membro da UE?
  38. A política da UE com os países do Mediterrâneo
  39. O impacto para as economias africanas do Sistema SPG
  40. O impacto económico do terrorismo na UE
  41. ...

Comissão Europeia

Sistema de preferências generalizadas (SPG)

Exemplos do Doutoramento em Negócios na Europa

IInglês Doctorate Europe Francês Doctorat Europe Espanhol Doctorado Europa



Universidade U-EENIPaz, Não Terrorismo