Cristianismo: católicos, protestantes e ortodoxos

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular - Denominações cristãs: católicos, protestantes e ortodoxos

  1. As três principais denominações do cristianismo:
    1. Católicos
    2. Protestantes
    3. Ortodoxos
  2. Distribuição da população cristã mundial
A subunidade curricular «Denominações cristãs» estuda-se:
  1. Doutoramento profissional em Ética, Religiões e Negócios

Materiais do estudo em Espanhol Cristianismo Inglês Christianity Denominations Francês Christianisme.

Descrição da subunidade curricular - Denominações cristãs.

Ao igual que quase todas as religiões, o cristianismo não é um bloco homogêneo. Ao longo dos seus 2.000 anos da história experimentou três grandes cismas, configurando as três grandes denominações cristãs: os católicos, os protestantes e os ortodoxos

Católicos.

O catolicismo romano, com sede na Roma, representa 50% da toda a Cristandade. É majoritário no Centro e no Sul da Europa, na Irlanda e na América do Sul.

A Igreja Católica tem 1.100 milhões de adeptos em todo o mundo, a metade da população cristã mundial. O Brasil tem o maior número de católicos do mundo (134 milhões de pessoas). Há mais católicos no Brasil que na Itália, na França e na Espanha juntas. Os dez países com o maior número de católicos (o Brasil, o México, as Filipinas, os Estados Unidos, a Itália, a Colômbia, a França, a Polónia, a Espanha e a República Democrática do Congo) contêm mais da metade (56%, 607 milhões de pessoas) dos católicos do mundo.

67 países nos que os católicos constituem a maioria da população. Mais de 70% dos católicos vivem no continente americano (48%) e na Europa (24%). Quase 40% vivem na América Latina e as Caraíbas. Mais da uma quarta parte dos católicos vivem na região da Ásia-Pacífico (12%) e na África Subsariana (16%).

Protestantes.

O Protestantismo é majoritário no norte da Europa, no Reino Unido e nos Estados Unidos. Os 801 milhões de protestantes do mundo, constituem 37% da população cristã mundial. A Reforma protestante, que dividiu o cristianismo ocidental e deu a luz ao protestantismo, teve lugar na Europa no século XVI. Hoje, no entanto, só dois dos dez países com as maiores populações protestantes são europeus: os Estados Unidos, a Nigéria, a China, o Brasil, a África do Sul, o Reino Unido, a República Democrática do Congo, a Alemanha, o Quénia e a Índia.

Ortodoxos.

260 milhões de cristãos ortodoxos, que compõem 12% da população cristã mundial. Quase quatro de cada dez cristãos ortodoxos de todo o mundo (39%) residem na Rússia, o país com o maior número de ortodoxos. A Etiópia conta com o segundo maior número de cristãos ortodoxos e mais de três vezes ortodoxos que a Grécia.

O resto de tradições cristãs (Mórmones, Testemunhas de Jeová...) representa 0,1% do total da Cristandade. Embora é necessário indicar que teve muitas mais cisões que não contemplaremos aqui.

Tradição

Católicos
Protestantes
Ortodoxos
Outros
Total
População estimada cristão (2010, em milhares de pessoas)
1,094,610
800,640
260,380
28,430
2,184,060
% população mundial

15.9
11.6
3.8
0.4
31.7
% da população cristã
50.1
36.7
11.9
1.3
100

O cristianismo tornou-se na religião oficial do império romano no 380. Até o 1054, a cristandade formou um bloco monolítico (exceto pequenos movimentos como o Nestorianismo). Isto é, aproximadamente a metade da sua história, 1000 anos, o cristianismo foi unitário.

Como veremos nas unidades curriculares sobre a ortodoxia, o catolicismo e o protestantismo, no século XI produziu-se a divisão entre o catolicismo e a ortodoxia. No século XVI será produzida a Reforma de Lutero que dará lugar ao protestantismo.

Cristianismo Ética Não-Violência

Ortodoxia Negócios e Ética

Metodistas Negócios e Ética

Religiões e negócios.



Universidade U-EENIPaz, Não Terrorismo