Escola de Negócios EENI Business School

Associação África-Turquia


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - A Associação África-Turquia.

  1. Introdução à Associação África-Turquia;
  2. O novo modelo de associação para potenciar o desenvolvimento sustentável e a integração;
  3. Relações bilaterais Turquia-África: uma revisão comparativa;
  4. Segunda Cúpula África-Turquia (Malabo);
  5. Comércio exterior Turquia-África;
  6. Sobre a política exterior turca;
  7. Declaração de Istambul sobre a Associação Turquia-África: Cooperação e Solidariedade para um Futuro Comum (*);
  8. Enquadramento de Cooperação da Associação Turquia-África (*).

Os objetivos da UC «A Associação África-Turquia» são os seguintes:

  1. Compreender os objetivos da Associação África-Turquia;
  2. Compreender o conceito «A Turquia como um país afro-euro-asiático»;
  3. Conhecer as áreas de cooperação entre a África e a Turquia;
  4. Analisar o comércio exterior (exportações, importações) entre os países africanos e a Turquia.

(*) Só disponíveis em inglês.

Exemplo:
A Associação África-Turquia:
Associação África-Turquia, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Relações internacionais africanas

Estudante Mestrado / Doutoramento em Negócios Internacionais

A UC «A Associação África-Turquia» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Mestrados (MIB): Negócios em África, Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Países Muçulmanos, Europa, Religiões e Negócios.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Africanos, Negócios Islâmicos, Negócios Europeus, Ética, Religiões e Negócios.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Cursos: Islão, Ética e Negócios, Relações internacionais africanas, Negócios na Turquia.

Curso Mestrado: Negócios na Europa Oriental e Turquia

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior ou Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Africa-Turkey Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Afrique-Turquie Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol África-Turquía.

Mestrados e Doutoramento em Negócios Internacionais adaptados para os estudantes de Angola estudar Mestrado Doutoramento em Negócios Internacionais, Comércio Exterior Angola, de Cabo Verde estudar Doutoramento Mestrado, Negócios Internacionais, Comércio Exterior Cabo Verde, da Guiné-Bissau, estudar Mestrado, Doutoramento, Negócios Internacionais, Comércio Exterior Guiné-Bissau, de Estudar Moçambique (Mestrados, Doutoramento, negócios internacionais, Comércio Exterior) Moçambique e de São Tomé e Príncipe, estudar mestrado doutoramento comércio exterior negócios internacionais São Tomé e Príncipe.

Qual é a missão da Associação África-Turquia

Um novo modelo de associação para potenciar o desenvolvimento sustentável e a integração.

Exemplo:
Corredor Económico China-Ásia Central-Ásia Ocidental, Cazaquistão, Quirguistão, Uzbequistão, Tajiquistão, Turquemenistão, Irão e a Turquia

Associação África-Turquia.

A Cúpula que estabeleceu a Associação África-Turquia celebrou-se em Istambul, Turquia (18-20 de abril de 2008). A cimeira foi o resultado das reuniões preparatórias realizadas com sucesso em Ancara e Adis Abeba.

Os objetivos da cimeira foram consolidar e desenvolver as áreas de cooperação em todos os níveis e em todas as áreas; estabelecer entre a África e a Turquia uma associação estável a longo prazo, baseada no mútuo interesse e a igualdade bem como melhorar a cooperação entre a África e a Turquia em várias áreas específicas de interesse comum.

A Segunda Cúpula da Associação Turquia-África celebrou-se em Malabo, a capital da Guiné Equatorial em novembro de 2014.

As relações com a África constituem uma das principais prioridades da política exterior turca.

A Turquia define-se como um estado afro-euro-asiático, e por isso a sua política de abertura a África não é só o reflexo da uma expectativa política e económica transitória, senão da uma verdadeira visão em longo prazo.

Ao ser um país observador (2005) e um parceiro estratégico (2008) da União Africana (UA), a Turquia também foi aceita como um membro não regional do Banco Africano de Desenvolvimento (2008).

O comércio exterior Turquia-África.

Comércio Exterior (exportações, importações) Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento)

  1. O volume de comércio bilateral alcançou 23,4 mil milhões de dólares, com toda a África, e 7,5 mil milhões de dólares com a África Subsariana.

Corredores de transporte:

  1. Corredor de Transporte Europa-Cáucaso-Ásia (TRACECA);
  2. Corredor de Transporte Trans-Caspiano (Corredor Central);
  3. Corredor ferroviário-rodoviário Islamabade-Teerão-Istambul (ITI-ECO).

A Associação África-Turquia pertence ao Espaço Económico Africano è da Civilização Islâmica (Espaço Económico da Eurásia Central).

Portal Negócios em África da EENI.

Acordos de Livre-Comércio da Turquia: União Europeia, EUROMED, Chile, Egito, Marrocos, Tunísia, AELC, Sistema de Comércio Preferencial (TPS-OCI)...

Exemplo:
Corredor de Transporte Trans-Caspiano (Central): Afeganistão, Azerbaijão, Geórgia, Cazaquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Turquia, Turquemenistão e o Uzbequistão

Confiamos em áfrica. Ensino superior a preços acessíveis para os africanos. Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé

Exemplo:
Corredor de Transporte Afeganistão-Turquemenistão-Azerbaijão-Geórgia-Turquia (Lápis-lazúli)


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página