Investimento (IDE) nos países da ASEAN

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular: investimento direto estrangeiro (IDE) nos países da ASEAN

  1. O Conselho da área de investimentos da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN)
  2. Investimento direto estrangeiro (IDE) nos países da ASEAN: Perspetivas e desafios
  3. Fontes dos fluxos de investimento direto estrangeiro na ASEAN e intra-ASEAN
  4. Medidas da Política de investimento e desenvolvimento dos mercados da ASEAN
A subunidade curricular "Investimento direto estrangeiro nos países da ASEAN" estuda-se:
  1. Mestrados profissionais à distancia: Países Emergentes, Ásia, Mercados Muçulmanos, Negócios Internacionais
  2. Doutoramentos (EaD): Ásia, Países islâmicos

Idioma de estudo: En FDI ASEAN.

Descrição do curso disponível em Pt ou Es IED ASEAN Fr ASEAN.

Exemplo da subunidade curricular - investimento direto estrangeiro (IDE) na ASEAN:
IED Países da ASEAN

Descrição da subunidade curricular: Investimento direto estrangeiro (IDE) nos países da Associação das Nações do Sudeste Asiático.

Um dos cinco elementos básicos do mercado único da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático) e a base da produção é o livre fluxo dos investimentos.

Um regime de investimento direto estrangeiro (IDE) livre e aberto é a chave para aumentar a competitividade da ASEAN e a atração de investimento direto estrangeiro na região da Associação das Nações do Sudeste Asiático.

Em fevereiro de 2009, o Acordo Integral de investimento ASEAN, assinou-se.

O Acordo-Quadro da área de investimentos da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático), assinado em 1998, previa a liberalização do meio investidor na Associação das Nações do Sudeste Asiático para garantir a livre circulação de investimentos estrangeiros diretos na área para 2020.

Os principais recetores dos fluxos de investimento direto estrangeiro (IDE) na ASEAN são Singapura com 22,8 mil milhões de dólares (38,6% do total de investimento direto estrangeiro da ASEAN), Tailândia com 9,8 mil milhões (16,7%), Vietname com 8,1 mil milhões de dólares (13,6%), Indonésia com 7.9 mil milhões (13,4%) e a Malásia, com 7,3 mil milhões (12,4%).



EENI Escola de Negócios