Curso a distância (EAD): Comunidade Económica da ASEAN

Escola de Negócios EENI & Universidade HA


Início EENI

Conteúdo programático do curso (unidade curricular, ensino EAD): A Comunidade Económica da ASEAN: Indonésia, Singapura,  Malásia...

  1. O perfil económico da região da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático)
  2. O projeto da Comunidade Económica da ASEAN
  3. O Acordo sobre o comércio exterior de mercadorias da ASEAN
  4. O mercado único e a base de produção da Associação das Nações do Sudeste Asiático
O curso online (unidade curricular) «A Comunidade Económica da ASEAN» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior (Doutoramentos, Mestrados, Bachelors) à distância (EAD) da EENI Business School & HA University:
  1. Mestrados à distância: Países Emergentes, Ásia, Mercados Muçulmanos, Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Relações Económicas
  2. Doutoramentos profissionais: Ásia, Países islâmicos, Comércio Exterior e Marketing Internacional
  3. Curso Online (EAD): Negócios no Sudeste Asiático (ASEAN)
  4. Bachelor of Science em Comércio Internacional

Língua de estudo: Ensino superior a distância em Português Estudar mestrado comércio exterior em Inglês ASEAN Economic Community Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol ASEAN Comunidad Económica Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Communauté économique de l’ASEAN.

Exemplo do curso (unidade curricular) online - A Comunidade Económica da ASEAN:
Comunidade Económica da ASEAN (Mestrado EAD)






Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição do curso (unidade curricular, ensino a distância EAD): a Comunidade Económica da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN):

A Comunidade Económica dos Países da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) é o objetivo final das medidas económicas como indica-se na Visão 2020 da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático).

O objetivo da Comunidade Económica da ASEAN é criar uma região estável, próspera e altamente competitiva no que tenha um fluxo livre de bens, dos serviços, dos investimentos e dos capitais, um desenvolvimento económico equitativo, a redução da pobreza e as divergências socioeconómicas para o ano 2020.

Os Estados-membros da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático):

  1. «ASEAN - 6» refere-se ao Brunei Darussalã, Singapura, a Indonésia, a Malásia, as Filipinas e a Tailândia
  2. «CLMV» refere-se ao Camboja, o Laos, Myanmar e o Vietname

A integração das dez economias da Associação das Nações do Sudeste Asiático em um mercado oferece um potencial sem limites, que não deve-se perder. Para as empresas, uma região integrada da ASEAN significa um maior acesso à um mercado combinado de 584 milhões de habitantes, o mercado maior após a China e a Índia.

Para os investidores, é uma oportunidade para aproveitar o meio competitivo e os diversos recursos da região que o converte em um atraente destino do investimento direto estrangeiro (IDE).

A Associação das Nações do Sudeste Asiático propõe-se que a sua integração como bloco económico permita o livre intercâmbio de bens e de serviços.

A entrada em vigor da comunidade económica vem precedida pela liberalização comercial do acordo de comércio e a liberalização do investimento no seio da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), regulada pelo Acordo AIA (ASEAN Área Investimento), com uma abolição de cinco anos para o Camboja, o Laos, Mianmar e o Vietname.



(c) EENI Business School & HA University / Escola de Negócios EENI & Universidade HA (1995-2018)