Acordos de comércio livre Mercados Emergentes

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Os acordos de comércio livre e os acordos que afetam aos países analisados no Mestrado BRICS e Mercados Emergentes - Educação à distância (EaD)

Qualquer empresa que deseje fazer negócios na região analisada no Mestrado em Negócios nos Mercados Emergentes à distância deve conhecer:

1- Os acordos de comércio livre (ACL) de todos os países analisados no Mestrado, tanto os acordos comerciais com os países dentro da região, como os tratados com os países externos à região.

A empresa exportadora deve conhecer as vantagens que lhe oferecem os acordos de comércio livre assinados pelo seu país (as reduções tarifárias, o regime de origem, as normas técnicas, os investimentos, a propriedade intelectual, os mercados públicos, o comércio de serviços...).

Mas também é necessário conhecer os acordos de comércio livre que cada país da região possa ter com os outros países.

Por exemplo, uma empresa colombiana que deseje exportar para Taiwan poderia estar em desvantagem com uma empresa panamenha, já que Panamá tem acordos de comércio livre em vigor com Taiwan, e a empresa panamenha terá todas as vantagens inerentes ao acordo. A empresa colombiana deverá ter em conta este fator na sua estratégia de exportação a Taiwan.

2- As instituições económicas regionais relacionadas com os países da região (a Cooperação Económica Ásia-Pacífico APEC, a ASEAN, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Comissão Económica para a América Latina, o MERCOSUL, a Comunidade Andina...).

Exemplo da subunidade curricular - Os acordos de comércio livre do Mestrado em Mercados Emergentes:
Acordo Comercial Ásia-Pacífico (APTA)

  1. Acordo Comercial Ásia-Pacífico (APTA)

Os acordos de comércio livre (ACL) da China.

  1. China-Chile
  2. China-Peru
  3. China-Costa Rica
  4. China-ASEAN
  5. China-Paquistão
  6. China-Nova Zelândia
  7. China-Singapura
  8. Comunidade Andina-China
  9. A União Europeia-China

Os acordos de comércio livre do Brasil.

  1. O MERCOSUL
  2. Os acordos do MERCOSUL
  3. Chile-MERCOSUL
  4. Peru-MERCOSUL
  5. México-MERCOSUL
  6. Índia-MERCOSUL
  7. Egito-MERCOSUL
  8. Israel-MERCOSUL
  9. União Europeia-MERCOSUL
  10. A Comunidade Andina
  11. Comunidade Andina-MERCOSUL

Os acordos de comércio livre (ACL) da Índia.

  1. Índia-Chile
  2. Comunidade Andina-Índia
  3. Índia-União Europeia (UE)
  4. Índia-Sri Lanka
  5. Índia-Tailândia
  6. Índia-Singapura
  7. Índia-Coreia do Sul
  8. Índia-Nova Zelândia
  9. A ASEAN-Índia
  10. Índia-União Aduaneira da África Austral (SACU)
  11. Índia-Maurícia

Os acordos de comércio livre do México.

  1. O Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (TLCAN)
  2. México-Triângulo norte
  3. México-Costa Rica
  4. México-Nicarágua
  5. México-Colômbia
  6. México-Uruguai
  7. México-Chile
  8. Comunidade Andina-México
  9. México-União Europeia (UE)
  10. México-Associação Europeia de Livre Comércio (AELC)
  11. México-Japão
  12. México-Israel

Rússia: os acordos e as relações.

  1. A Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro (BSEC)
  2. Sinergia do Mar Negro
  3. A União Europeia-Rússia
  4. Comunidade Andina-Rússia

Os acordos de comércio livre do Chile

  1. Comunidade Andina-Chile
  2. Chile-Peru
  3. Equador-Chile
  4. Colômbia-Chile
  5. América Central-Chile
  6. Estados Unidos-Chile
  7. Canadá-Chile
  8. Panamá-Chile
  9. Coreia do Sul-Chile
  10. Austrália-Chile
  11. União Europeia-Chile
  12. Associação Europeia de Livre Comércio-Chile
  13. Turquia-Chile

Os acordos de comércio livre (ACL) da Comunidade Andina.

  1. Comunidade Andina-Panamá
  2. União Europeia-Países andinos

Os acordos de comércio livre do Peru.

  1. Peru-Singapura
  2. Estados Unidos-Peru
  3. Peru-Canadá
  4. Peru-Coreia do Sul

Os acordos de comércio livre (ACL) da Colômbia.

  1. Colômbia-Estados Unidos
  2. Colômbia-El Salvador, a Guatemala e Honduras
  3. Colômbia-Canadá
  4. Colômbia-CARICOM
  5. Colômbia-Associação Europeia de Livre Comércio (AELC)

Os acordos de comércio livre na Ásia.

  1. A Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN)
  2. A Comunidade Económica da ASEAN
  3. A Área de livre comércio da ASEAN
  4. ASEAN relações internacionais
  5. ASEAN-União Europeia (UE)
  6. Peru-Singapura
  7. Panamá-Singapura
  8. A União Europeia-Coreia do Sul
  9. El Salvador-Honduras Taiwan
  10. Panamá-Taiwan
  11. Guatemala-Taiwan
  12. Taiwan-Nicarágua

As instituições económicas regionais e a integração.

  1. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  2. A Comissão Económica para a América Latina (CEPAL)
  3. A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI)
  4. A cooperação económica Ásia-Pacífico (APEC)
  5. A Organização para a Cooperação de Xangai (SCO)
  6. O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PEEC)
  7. O Projeto Mesoamérica
  8. A Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA)
  9. A União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  10. O Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  11. O Fórum de Cooperação América Latina-Ásia do Leste (FOCALAL)
  12. A Cúpula América do Sul-Países Árabes (ASPA)
  13. A Cúpula América do Sul-África
  14. A Associação dos Estados do Caribe (AEC)
  15. CARICOM
  16. O Fórum de Boao para a Ásia
  17. A Associação Cooperação do Sul da Ásia
  18. A Iniciativa da Baía de Bengala
  19. A Associação da Bacia do Oceano Índico
  20. A União de Compensação Asiática
  21. A Reunião Económica Ásia-Europa
  22. O Diálogo de Cooperação da Ásia
  23. O Banco Asiático de Desenvolvimento
  24. A Comissão Económica e Social para a Ásia

MERCOSUL Mercado Comum do Sul

China - Índia - Brasil - Rússia - México - Tratados e organizações.

Inglês Mestrado in Emerging Markets Espanhol Mestrado em Mercados Emergentes Francês Master Emergents

Universidade U-EENICatalunña es España