Curso a distância (EAD):Lei Crescimento África (AGOA)

Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Início EENI

Conteúdo programático do curso (unidade curricular, EAD) - À Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) - Estados Unidos.

  1. Introdução à Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA)
  2. A AGOA IV
  3. Os países, os produtos e equipamentos elegíveis
  4. O comércio exterior entre os Estados Unidos e a África
  5. Os principais mercados de exportação na África Subsariana
  6. Fornecedores africanos para os Estados Unidos
  7. O investimento direto (IDE) dos Estados Unidos na África
  8. Casos de estudo da Lei de Crescimento e Oportunidade para a África (AGOA).
    1. O crescimento das exportações artesanais do Gana
    2. Os exportadores do Senegal
    3. Os produtores africanos na feira da Atlanta
  9. A Iniciativa africana de competitividade global
  10. Os centros do comércio exterior na África
  11. O Centro para o comércio exterior na África Ocidental
  12. Caso de estudo: o desenvolvimento dos negócios de exportação
  13. O Acordo de comércio COMESA-Estados Unidos
  14. O Acordo Comercial EAC-Estados Unidos
  15. O Acordo Marco de comércio UEMOA-Estados Unidos

Os objetivos do curso (unidade curricular) «A Lei de Crescimento e Oportunidade para a África (AGOA)» são os seguintes:

  1. Compreender os objetivos da Lei de Crescimento e Oportunidade para a África (AGOA)
  2. Avaliar os critérios para admissão por país e os da elegibilidade dos produtos
  3. Entender as regras de origem gerais e para os têxteis no enquadramento da Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA)
  4. Analisar o acesso ao mercado norte-americano dos produtos africanos baixo a AGOA
  5. Conhecer os acordos comerciais entre os países africanos e os Estados Unidos (COMESA, UEMOA, EAC...)
  6. Analisar o comércio exterior entre os países africanos e os Estados Unidos
O curso online (unidade curricular) «Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA)» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior (Doutoramentos, Mestrados EAD, Bachelors) à distância da EENI Business School & HA University:
  1. Doutoramento Negócios na África
  2. Mestrados profissionais à distância: Negócios Internacionais, Comércio Exterior, África Subsariana
  3. Curso: relações internacionais da África
  4. Bachelor's Degree em Negócios Interafricanos à distância

Estudante Doutoramento Negócios a distância

Língua de estudo: Ensino superior a distância em Português ou Estudar mestrado a distância em Inglês African Growth and Opportunity Act (AGOA) Cursos à distância EaD em Francês Loi sur la croissance et les possibilités économiques en Afrique (AGOA) Educação superior a distância em Espanhol Ley de Crecimiento y Oportunidad en África (AGOA).

  1. Créditos do curso (unidade curricular) «AGOA»: 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Exemplo do curso (unidade curricular) online - Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA):
Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA)

Portal Africano da EENI Business School & HA University
Portal África, Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Descrição do curso (unidade curricular, ensino a distância EAD): Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA):

A Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) foi aprovada em 2000 (Lei do comércio exterior e Desenvolvimento).

A Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) permite a importação sem taxas alfandegárias no mercado dos Estados Unidos dos produtos de exportação originários dos países da África, que encontram-se em uma etapa de implementação da:

  1. Uma economia de livre mercado
  2. Reformas políticas democráticas

Os países elegíveis para a Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) são a África do Sul, Angola, o Benim, o Botsuana, o Burquina Faso, Burundi, os Camarões, Cabo Verde, o Chade, as Comores, a República do Congo, a República Democrática do Congo, Jibuti, a Etiópia, o Gabão, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, o Quénia, o Lesoto, a Libéria, Madagáscar, o Maláui, o Mali, Maurícia, Moçambique, a Namíbia, o Níger, a Nigéria, Ruanda, São Tomé e Príncipe, o Senegal, as Seicheles, a Serra Leoa, a Suazilândia, o Sudão do Sul, a Tanzânia, o Togo, o Uganda e Zâmbia.

Desde que a Lei de Crescimento e Oportunidades para a África entro em vigor em 2000, as exportações da África para os Estados Unidos melhoraram significantemente, totalizando mais de 50 bilhões de dólares.

As exportações de petróleo da África para os Estados Unidos representam mais de 90% das exportações.

De fato, dos dezasseis países elegíveis sob a Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) na África Ocidental, dez deles conseguiram o benefício da isenção das tarifas aduaneiras em só 11% ou menos das suas exportações para os Estados Unidos.

A Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) fornece a competitividade nos preços ligada ao status das tarifas aduaneiras de mais de 6.000 produtos exportados para os Estados Unidos. Em termos práticos, os importadores dos Estados Unidos obterão produtos de exportação africanos, vindos dos países elegíveis para a Lei de Crescimento e Oportunidades para a África, por um preço mais barato, porque eles não pagarão uma tarifa aduaneira sobre os produtos importados.

A Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA) é um acordo intercivilizacional entre à Civilização Africana e a Civilização Cristã Ocidental (Espaço Económico americano - Norte-americana).

Web site Lei de Crescimento e Oportunidades para a África

AGOA África-Estados Unidos

(c) EENI Business School & HA University / Escola de Negócios EENI & Universidade HA (1995-2018)